Pular para o conteúdo principal

O que é Assédio Moral ?

É perceptível que o homem atribui ao outro indivíduo suas perspectivas e anseios, para alguns o não contentamento pode desencadear disfunções em relação ao trato com os demais que fazem parte do seu convívio. Se esse ocupa um cargo ou exerce algum poder sobre um indivíduo, poderá utilizar dessa condição para destratar, humilhar e aplicar qualquer tratamento que desestabilize o psíquico e a moral do mesmo, a isso se dá o nome de Assédio Moral.
Não é possível prever onde, quando e com quem o assédio moral acontecerá, pois ele é tão comum de ocorrer dentro das organizações quanto se imagina, sejam elas empresas privadas ou públicas. Também não é fácil classificar por raça, sexo, faixa etária, religião e estado civil as vítimas e agressores desse tipo de assédio.
Para ser caracterizado o Assédio Moral o agressor deve acometer repetidamente os maus tratos e por tempo prolongado sobre a vítima. Os agressores utilizam artifícios como: culpar ou responsabilizar publicamente a vítima por uma suposta falha, fazer comentários sobre sua incapacidade, invadir a vida pessoal e até o fato de ignorá-lo são características do assédio moral. Já suas consequências podem gerar a vítima o isolamento familiar e de seus grupos sociais, causar inibição de expor suas ideias, levar a vítima a pedir ou causar sua demissão, visto que essa última geralmente é por insubordinação, o assédio moral pode ainda acarretar patologias psicológicas e/ou físicas como: depressão, alcoolismo, entre outros.
Apesar da gravidade do tema estudado, percebe-se que não há em nosso país leis rígidas para coibir esse tipo de assédio, fazendo com que não se mensure e nem haja punição para os agressores. Na cidade de Itapipoca os relatos apresentados reforçam a aprovação de leis e aplicação de práticas punitivas. Já em alguns países o tema já é tratado com maior valor, mas ainda falta um trabalho intensificado para que seja erradicado o assédio moral.
Contudo, o assédio moral além de causar a vítima sofrimento ímpar, causa a família e aos grupos sociais do mesmo um sentimento de total impotência, visto que estes não detém de conhecimento para reverter os maus tratos sofridos. È necessário ampliar formas de punir e coibir esse tipo de assédio, melhorando assim a vida e o bem estar dos colaboradores nas empresas. 


Referencial Teórico:




KELLY, Daiane; CARNEIRO, Fabiana; CRUZ, Raquel da. ASSÉDIO MORAL: O FENÔMENO DA VIOLÊNCIA MORAL NA RELAÇÃO TRABALHISTA EM ITAPIPOCA. Itapipoca, 2009. 47p.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo é o remédio - Alice no país que ela criou (Experimento)

Faz muito tempo que não escrevo algo em meu blog, não por que não queira ou por que não tenho assunto. Simplesmente, precisei refazer alguns fatores da minha vida, que confesso, ainda não estão controlados do jeito que gostaria...
Com esse tempo percebi que precisava extrapolar as barreiras do silêncio, falar o que sinto, sem parecer a pessoa vitima das circunstâncias. É, aprendi que o tempo para pessoas ansiosas como eu, é um super remédio, o tempo é Deus quem faz, não eu, eu apenas contribuo para que a vida esteja em constante movimento, que não fique na inércia, mas a concretização é resultado do trabalho conjunto com Deus.
Este primeiro contato fora do silêncio ao qual me encontrava pode parecer confuso para quem buscar me entender nessas poucas palavras, mas para mim, é um momento de renovação de forças, esperança resgatada, sonhos que voltam a existir.
Pareço vítima, mas não de ninguém ou de quê... Sou vítima de mim mesma, descobri que nesse período não eram as pessoas ou assunt…

Folha Amassada

Folha amassada
Quando eu era criança, por causa do meu caráter impulsivo, tinha raiva de qualquer coisa. Na maioria das vezes, depois desses incidentes me sentia envergonhada me esforçava para consolar a quem eu tinha magoado.


Um dia , minha professora me viu pedindo desculpas, depois de uma explosão de raiva e entregou-me uma folha de papel lisa e disse:

Amasse-a!


Com medo, obedeci e fiz com ela uma bolinha. A professora me disse novamente: agora deixe-a como estava antes.


Óbvio que não pude deixá-la como antes. Pôr mas que tentasse, o papel continuava cheio de pregas.


A professora me disse: o coração das pessoas é como esse papel. A impressão que neles deixamos será tão difícil de apagar como esses amassados. Assim, aprendi a ser mas compreensiva e mais paciente.


Quando sinto vontade de estourar, lembro daquele papel amassado. A impressão que deixamos nas pessoas é impossível de apagar. Quando magoamos alguém com nossas ações ou com nossas palavras, logo queremos consertar o erro, mas é ta…
Depois de tanto tempo sem escrever no blog... Mas precisamente depois de quase 7 anos muita coisa mudou, mas muita coisa parece não ter feito mudança em mim, como o fato de mostrar que somos perfeitos sendo imperfeitos ao olhar de Deus! Sua misericórdia é incrivelmente linda!

Se eu não for o que pensam exatamente quem sou... Aprendi que ter amigos é mais que mostrar estar em volta de muitas pessoas em festas e em reuniões, é viver ao lado de amigos que superam dificuldades juntos sem se importar quanto tempo levará para tirar um peso das costas do seu amigo. Somos reféns de nossos próprios pensamentos, nossas angustias muitas vezes nos limitam. Não vemos possibilidades... E o que fazer? Desabafar é um ponto... Pra quem? Deus é meu refúgio! Mas eu queria ouvir e ver alguém dizer olhando no meu olho como devo prosseguir. (Seja esse alguém para alguém!) Deus existe, já tive várias provas disso em minha vida. Já o sinto quando acordo e até quando vou dormir, ele me passa muita segurança. Mas …